9 CONSIDERAÇÕES DE NEGÓCIOS NORMAIS QUE SÃO DIFERENTES NA INDÚSTRIA DE CANNABIS



9 CONSIDERAÇÕES DE NEGÓCIOS NORMAIS QUE SÃO DIFERENTES NA INDÚSTRIA DE CANNABIS

9 CONSIDERAÇÕES DE NEGÓCIOS NORMAIS QUE SÃO DIFERENTES NA INDÚSTRIA DE CANNABIS
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Os empresários estão muito, muito interessados ​​em cannabis. Mas como você entra em uma indústria multibilionária que difere do resto?

Aqui estão nove coisas que você deve pensar antes de entrar no setor de cannabis:

1. Sair da estratégia
Mais importante de tudo, como você vai vender um negócio de cannabis depois de construí-lo? Uma parte essencial de qualquer plano de negócios deve ser sua estratégia de saída. Tenha em mente que você pode não ser capaz de usar o sistema bancário federal. Não importa se você está investindo ou fazendo saques.

2. Impostos
Só porque a maconha ainda é ilegal, não significa que o governo federal, além do estado e do condado, não esteja sobrecarregando isso. Na verdade, as empresas de cannabis estão sujeitas a muitos impostos federais. Por exemplo, as empresas de cannabis que tocam plantas não podem anular as despesas comerciais. Embora a mídia relate lucros maciços em maconha, tenha em mente que essas empresas têm que pagar impostos significativos.

3. Marketing
Todo empreendedor deve considerar como vai comercializar seu produto. As empresas de cannabis não podem anunciar nas redes sociais, na TV ou em praticamente qualquer local público. Existem mais limitações sobre como você pode anunciar a cannabis do que o álcool.

4. Leis
Não só existem os estados com maconha legal e aqueles sem ela, mas as leis de maconha variam de estado para estado e de município para município, nos EUA. A maioria dos lugares também tem regras sobre onde você pode abrir um negócio de cannabis, dependendo de fatores como quantos existem em sua área e quão perto sua propriedade é de uma escola, por exemplo.

5. Região
A cannabis é uma das indústrias que mais cresce no mundo, mas já existem muitas empresas no ramo. Mais precisamente, existem muitos tipos específicos de empresas de cannabis. Por exemplo, alguns mercados estão saturados de cultivadores de cannabis, enquanto outros são "desertos de maconha", que significam lugares onde as pessoas lutam para acessar maconha medicinal e recreativa.

6. Conformidade regulamentar
Considerando o número de regulamentações e com que frequência a nova legislação muda, a conformidade regulatória pode ser difícil e onerosa. A comparação mais próxima seria regulamentos de segurança alimentar. Em outras palavras, para obter legalmente um produto consumível no mercado, é preciso seguir rígidos padrões de saúde e segurança - e ser capaz de comprovar isso documentando a cadeia de suprimentos.

7. Modelo de Negócio
Existem dois tipos distintos de empresas de cannabis: tocar a planta e não tocar a planta. Aqueles que “tocam” na planta - dispensários, produtores, distribuidores - estão sujeitos a regulamentações muito mais rigorosas do que os que não a tocam, como um varejista de acessórios para fumar ou uma empresa de tecnologia específica do setor. Mais uma vez, as oportunidades vão além do crescimento e da venda e significam coisas muito diferentes aos olhos do governo.

8. Financiamento
Um negócio dentro da indústria de cannabis legal não pode obter um empréstimo de um banco. As únicas opções de financiamento são investir seu próprio capital ou obter financiamento de capital privado. 

9. Originalidade
Não confunda a saturação em certos códigos postais e regulamentos complicados por falta de oportunidade. Uma área em particular pode ter muitos dispensários e cultivadores estabelecidos, mas poucos laboratórios de teste de cannabis, por exemplo. Obstáculos em qualquer setor também são oportunidades para explorar meios de monetização. Você só precisa ser criativo ao escolher sua localização e criar sua ideia de negócio.

Todos os obstáculos enfrentados pelos empreendedores de cannabis remontam ao fato de que a maconha é ilegal. Leis e mercados variam muito. Contas bancárias, empréstimos e processadores de pagamento são complicados ou impossíveis de obter. O marketing e a conformidade regulamentar são difíceis de navegar. Mas para os empreendedores criativos, a indústria da cannabis oferece uma oportunidade única na indústria. No entanto, somente quando a cannabis for legalizada, a indústria atingirá todo o seu potencial.

Fonte: Green Entrepreneur