CANNABIS MEDICINAL NA NBA É APOIADA PELO ANTIGO COMISSÁRIO DAVID STERN



CANNABIS MEDICINAL NA NBA É APOIADA PELO ANTIGO COMISSÁRIO DAVID STERN

CANNABIS MEDICINAL NA NBA É APOIADA PELO ANTIGO COMISSÁRIO DAVID STERN
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter


O antigo Comissário da Associação Nacional de Basquetebol, David Stern, foi recentemente apresentado em uma matéria no site de esportes digitais UNINTERRUPTED, sobre o antigo jogador da NBA e atual empresário de cannabis Al Harrington. Stern, que liderou a repressão da NBA sobre o uso de cannabis durante seu tempo como comissário, deixou claro que sua percepção de cannabis mudou. Ele faz referência ao informativo do Dr. Sanjay Gupta, e da série da CNN especial "Weed" como uma parte influente de seu raciocínio. Ele agora acredita que "a cannabis para fins médicos deve ser completamente legal". Como o novo comissário administrará o debate da cannabis medicinal na NBA, é provável que continue?

O ANTIGO SUPERSTAR DA NBA AL HARRINGTON IMPULSIONA A LEGALIZAÇÀO DA CANNABIS

Harrington, um ex-seleção que passou mais de 15 anos na NBA, disse que foi apresentado ao CBD por um amigo depois de ter sofrido uma terrível infecção por estafilococos, que lhe causou dor. Foi prescrito a ele opiáceos, mas ele queria uma alternativa viável para uma medicação não viciante. Harrington imediatamente notou os benefícios da CBD e disse que continuou a se medicar com ele durante os três últimos anos da liga. Ele espera que eventualmente a cannabis medicinal seja regulada como outros analgésicos.

Ele tomou uma posição pro-cannabis, ainda mais quando encerrou sua carreira na NBA, começando com a Viola Extracts, uma empresa médica de cultivo e extração de cannabis. Harrington escolheu nomear a empresa depois que sua avó usou cannabis medicinal para encontrar alívio dos sintomas de diabetes e glaucoma.

Juntamente com muitos jogadores atuais e antigos da NBA, sugeriu que o uso de cannabis medicinal na NBA já é abundante. O ex-jogador da NBA, Jay Williams, diz acreditar que 80% dos jogadores da NBA usam cannabis. Williams disse: "Quando você fala sobre caras jogando em um nível profissional, há muito estresse físico e mental que vem com isso, para ter algo disponível para você que tenha benefícios para a saúde, eu não vejo o problema com isso mesmo".

CANNABIS NOS ESPORTES

Os principais fatores para mudar o ponto de vista do Comissário Stern foram o apoio dos jogadores para a reforma da cannabis, juntamente com estudos científicos recentes que revelaram o valor medicinal da cannabis. E ele não está sozinho. Uma mudança nas políticas de cannabis pode ser vista pelas principais organizações esportivas nos Estados Unidos.

NBA E NFL ESTÃO MUDANDO SUA VISÃO ANTI-CANNABIS

Em agosto de 2017, a NFL enviou uma carta à Associação de Jogadores da NFL reconhecendo o desejo da liga de colaborar com a NFLPA em pesquisas futuras sobre o valor medicinal da cannabis. O movimento foi surpreendente para a NFL, cujo Comissário Roger Goodell tem sido notoriamente severo com os usuários de cannabis. O receptor do Cleveland Browns, Josh Gordon e o defensor de Dallas Cowboys, Randy Gregory, foram ambos suspensos indefinidamente pelo uso de cannabis.

Ex-NFL Eugene Monroe acredita que a cannabis tem a capacidade de não só servir como analgésico, mas também como neuroprotetante. Em seu site, Monroe cita vários estudos que mostram a capacidade da cannabis de proteger o cérebro de um trauma adicional. Esta poderia ser uma melhoria inovadora na saúde dos jogadores para todos os esportes, especialmente a NFL, onde o traumatismo craniano é extremamente comum.

David Stern é o primeiro comissário de esportes profissional ou ex-profissional nos Estados Unidos a apoiar a legalização da cannabis medicinal. Sua mudança de opinião marca um momento histórico para os defensores da reforma da cannabis. Os esportes são parte integrante da sociedade e têm a capacidade de influenciar a opinião pública. Se permitir a cannabis medicinal na NBA, ocorrerá uma eliminação de suspensões relacionadas ao uso de cannabis e um aumento na saúde e segurança do jogador.

FONTE : https://medicalmarijuana411.com/medical-marijuana-in-nba-support-david-stern/?utm_source=newsletter110217&utm_medium=email&utm_campaign=dailydose&utm_content=readmore