EMPREENDEDOR ESTÁ TRANSFORMANDO UM BUNKER NUCLEAR NO QUE PODERÁ SER A MAIOR FAZENDA DE CANNABIS DA EUROPA.



EMPREENDEDOR ESTÁ TRANSFORMANDO UM BUNKER NUCLEAR NO QUE PODERÁ SER A MAIOR FAZENDA DE CANNABIS DA EUROPA.

EMPREENDEDOR ESTÁ TRANSFORMANDO UM BUNKER NUCLEAR NO QUE PODERÁ SER A MAIOR FAZENDA DE CANNABIS DA EUROPA.
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Na região tranquila no sul da Alemanha, Christoph Rossner está transformando um antigo bunker nuclear no que poderá ser a maior operação de cultivo de cannabis medicinal da Europa.

O empresário de 47 anos diz que por causa das severas restrições da Alemanha com cultivo, ele procurou um local que oferecesse uma ampla segurança. "Este lugar é perfeito para nós", disse Rossner.

Nos EUA abrigos reforçados construídos para resistir eventos catastróficos, desde a epidemia viral até uma guerra nuclear, estão tendo um grande interesse em geral. Os arquitetos estão transformando bunkers abandonados do século 20 em fazendas, casas noturnas e apartamentos, enquanto alguns desenvolvedores estão construindo abrigos subterrâneos de luxo onde somente poucos poderiam viver fora do mundo.

Mas Rossner tem algo em mente para a base militar de Memmingen, onde de 1956 a 2003, a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) planejava lançar armas nucleares se a Guerra Fria aumentasse. O bunker, vazio desde 2003, nunca foi usado para tais fins.

Rossner quer modernizar a instalação de cerca de 11 mil metros quadrados em uma fazenda de cannabis, onde as plantas crescerão para abastecer o mercado de cannabis medicinal da Alemanha. A instalação também fornecerá cannabis para pesquisadores da Universidade Técnica de Munique e da Universidade da Colúmbia Britânica em Vancouver.

Os químicos irão produzir strains altamente potentes de cannabis para criar clones genéticos, que serão plantados para a produção de mais colheitas. O processo garante a consistência de uma colheita sustentável. Também no bunker um forno industrial usado uma vez para incinerar materiais tóxicos será usado para queimar qualquer cannabis excedente , que é um requisito do estado.

A renovação deverá custar entre U$ 1,8 milhão a U$ 2,5 milhões.

A Alemanha legalizou a cannabis medicinal em março de 2017, criando o maior mercado de ervas medicinais da Europa. Os médicos podem prescrever o medicamento para pessoas que sofrem de câncer, esclerose múltipla, dor crônica e outras doenças graves. As companhias de seguros devem cobrir o custo.

Entre março e novembro do ano passado, o número de alemães que receberam receita médica para cannabis medicinal aumentou dez vezes para cerca de 10 mil pessoas, de acordo com o site de notícias alemão The Local. Mas os pacientes tiveram preços elevados e falta de estoque. A Alemanha importa a cannabis medicinal para mercados bem estabelecidos como o Canadá e os Países Baixos.

Se Rossner obtiver aprovação do escritório de controle de drogas do governo alemão, sua empresa, Bunker PPD, poderia começar a cultivar plantas para pacientes com cananbis medicinal até a primavera de 2018.

Rossner vem para a indústria legal de maconha do mercado ilícito. No final dos anos 90, o empresário criou uma "farmácia ilegal de cannabis", onde cresceu e vendeu a droga para uma base de clientes, que incluiu pessoas que sofrem de câncer, doença de Crohn e artrite.Pelo seu serviço, ele acabou passando cinco meses na prisão e quatro meses em terapia.

“Para mim não foi difícil ir para prisão , como para todas aquelas pessoas", disse Rossner ao Business Insider. "Eu sei no meu coração que estou do lado direito".

 

FONTE : http://www.businessinsider.com/legal-marijuana-farm-inside-a-nuclear-bunker-2018-1?mc_cid=38a3d7cfe2&mc_eid=4a5a10fdd5