MAIOR ETF CANADENSE DE MACONHA ADMITE PRIMEIRA EMPRESA DOS EUA



MAIOR ETF CANADENSE DE MACONHA ADMITE PRIMEIRA EMPRESA DOS EUA

MAIOR ETF CANADENSE DE MACONHA ADMITE PRIMEIRA EMPRESA DOS EUA
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

O maior fundo negociado em bolsa do Canadá que se dedica à maconha está adicionando sua primeira empresa de cannabis com sede nos EUA.

A Charlotte's Web Holdings, com sede em Boulder, no Colorado, entrou no ETF Horizons Marijuana Life Sciences Index como parte de seu rebalanceamento trimestral, informou a Horizons ETFs Management Canada na segunda-feira. O ETF possui mais de 1,7 bilhão de dólares canadenses em ativos e um retorno acumulado no ano de 64 por cento, o que o torna o ETF acionário de melhor desempenho no Canadá neste ano.

O HMMJ, como o ETF é comumente conhecido, costumava evitar as empresas de cannabis com sede nos EUA porque a droga continua sendo ilegal de acordo com a lei federal desse país. No entanto, em dezembro, a lei agrícola dos EUA legalizou o cânhamo com menos de 0,3 por cento de THC, o principal ingrediente ativo da cannabis. A Charlotte's Web vende produtos de bem-estar que contêm CBD derivado de cânhamo, o primo do THC que não é inebriante.

"Consideramos que trazer o maior mercado do mundo para nosso ETF é algo muito importante, é o próximo estágio de crescimento deste setor", disse Steve Hawkins, CEO da Horizons ETFs, em referência à adição de uma empresa de maconha com sede nos EUA.

Espera-se que o mercado legalizado de CBD nos EUA chegue a US$ 22 bilhões nos próximos dois anos, de acordo com a Brightfield Group, aproximadamente o mesmo tamanho que toda a indústria de cannabis do Canadá.

As empresas 48North Cannabis, AgraFlora Organics International, Cannara Biotech, Flowr, Heritage Cannabis Holdings, ICC International Cannabis, PharmaCiela, Westleaf e Zenabis Global também foram adicionadas ao HMMJ.

Fonte: UOL