ONDE UM EMPREENDEDOR BUSCA CAPITAL PARA EMPRESA DE CANNABIS?



ONDE UM EMPREENDEDOR BUSCA CAPITAL PARA EMPRESA DE CANNABIS?

ONDE UM EMPREENDEDOR BUSCA CAPITAL PARA EMPRESA DE CANNABIS?
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

O artigo a seguir baseia-se em trechos do livro Start Your Own Cannabis Business, de Javier Hasse. 

Encontrar financiamento para um negócio nunca é fácil. Mesmo quando os empréstimos para pequenas empresas são acessíveis, os pagamentos e os juros dos empréstimos podem ser um fardo insuportável para uma startup.

Agora, se encontrar dinheiro para um negócio regular é difícil, conseguir um negócio de cannabis financiado é muito mais difícil. Apesar do crescente número de instituições financeiras que atendem à indústria de cannabis, o crédito ainda é muito raramente disponível para essas empresas.

"Obter financiamento para um negócio de cannabis apresenta desafios únicos porque você não pode simplesmente obter um empréstimos para pequenas empresas, os bancos não vão emprestar dinheiro para você", disse Marvin Washington, campeão do Super Bowl e empresário de cannabis durante uma entrevista para o livro Start Your Own Cannabis Business.

"A menos que você esteja migrando, deixando a sua carreira em Wall Street ou no Vale do Silício, você terá que passar por rotas não tradicionais para obter seu financiamento", observou ele.

Então, onde exatamente um empreendedor se volta para o financiamento? Vamos explorar alguns tópicos importantes relacionados à colocação de seu dinheiro de cannabis.

Capital semente (seed) e Série A 
Sua primeira rodada de capital (ou de sementes) será, mais provavelmente, concluída com dinheiro da família e amigos ou economias pessoais antes de sua estreia no mercado. Entendendo que isso limita suas opções, esta é a realidade da indústria hoje em dia, já que as opções tradicionais de financiamento para startups de cannabis podem ser difíceis de obter. 

A segunda rodada (ou Série A) possivelmente atrairá investidores profissionais de terceiros e acontecerá algum tempo após o seu lançamento, após você ter conseguido acumular alguns clientes-piloto ou clientes regulares.

"Uma rodada de sementes tem como objetivo a construção de um produto, serviço ou tecnologia, e obter alguma tração antecipada, geralmente na forma de clientes beta ou piloto", explica o presidente da Viridian Capital Advisors, Scott Greiper. "Isso ajudará você a estabelecer alguns casos de referência. Os investidores vão querer referências de clientes no futuro."

"Uma rodada da Série A é para entrar em operações normais e ampliar sua escala inicial: contratar mais pessoas, ampliar sua linha de produtos, incrementar os esforços de vendas e marketing, criar mais acordos de distribuição, talvez até alguns PR iniciais, para que você obtenha artigos, comunicados de imprensa e visibilidade."

Uma última coisa a notar é: enquanto a família e os amigos tiram ações comuns de sua empresa em troca de seu dinheiro arduamente ganho, os investidores profissionais na maioria das vezes procuram algum tipo de benefício adicional.

"Investidores em estágio inicial que investem em empresas iniciantes normalmente investem em ações preferenciais. Não são ações ordinárias, o que faz com que todos os acionistas comuns tenham certos direitos especiais, como pagamento de dividendos, pagamento de juros" Greiper acrescenta. "Então, o empreendedor em estágio inicial deveria estar levantando suas primeiras parcelas de capital na forma de patrimônio líquido e provavelmente verá ações preferenciais como o primeiro tipo de dinheiro profissional que está sendo oferecido."

Antes de entrar nas diversas alternativas de financiamento disponíveis, queremos lembrá-lo de ter cuidado com a maneira pela qual você escolhe financiar sua empresa, para se sentir confortável com o fato de que sua avaliação será determinada por outros e para se reconciliar com a ideia de ir a seus amigos e familiares para a primeira rodada de capital.

Alternativas de financiamento
Tendo em conta que os bancos e as instituições financeiras tradicionais tendem a não oferecer empréstimos às empresas de cannabis por enquanto, muitos empresários de cannabis recorrem a familiares e amigos - e este é provavelmente o caminho a percorrer no início. No entanto, nem todos estão cercados por pessoas abastadas dispostas a fazer investimentos arriscados. E, mesmo entre aqueles que são, muitos preferem não misturar suas vidas pessoais e profissionais.

Abaixo, você encontrará algumas outras alternativas comuns de financiamento para a indústria de cannabis, que podem ser úteis ao levantar capital inicial ou ao procurar fundos adicionais para o seu negócio depois de amigos e familiares.

Nem todos eles estarão certos para o seu negócio. O tipo de negócio que você está tentando financiar e a maneira como você o faz estão intrinsecamente interligados. Então, aqui estão os principais tipos de investidores que investem dinheiro na indústria da cannabis:

- Escritórios Familiares
- Fundos específicos Cannabis (e um par de fundos de hedge)
- Investidores anjo
- Indivíduos de alta renda
- Músicos, atletas e outras celebridades
- Aceleradores de negócios e incubadoras
- Empresas holding específicas do setor

Alguns dos investidores institucionais mais notáveis ​​da indústria da cannabis são:

- Ackrell Capital
- Benchmark Capital
- Canna Angels
- Casa Verde Capital
- Floris Funds
- Founders Fund
- Green Growth Investments
- Greenfield Capital Partners
- Ground Zero Ventures
- Halley Venture Partners
- Hamilton Investment Group
- Hypur Ventures
- Liquid2 Ventures
- Mazakali
- MedMen
- Merida Capital Partners
- Navy Capital
- Phyto Partners
- Poseidon Asset Management
- Privateer Holdings
- Salveo Capital
- The ArcView Group
- Tress Capital
- Tuatara Capital
- Viridian Capital Advisors

Fonte: Entrepreneur