PERNOD RICARD: "ESTAMOS DE OLHO NO MERCADO DE CANNABIS"



PERNOD RICARD: "ESTAMOS DE OLHO NO MERCADO DE CANNABIS"

PERNOD RICARD: "ESTAMOS DE OLHO NO MERCADO DE CANNABIS"
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

O chefe da gigante das bebidas, Pernod Ricard, revelou que ele e seus rivais estão estudando o mercado legalizado de cannabis, já que a indústria de bebidas pesa o potencial de lazer da droga.

Alexandre Ricard, que dirige o gin Beefeater e o fabricante de rum Havana, disse que sua empresa estava "observando de perto" quando perguntado em um evento da Bloomberg se ele estava monitorando o setor de cannabis.

PERNOD RICARD: "ESTAMOS DE OLHO NO MERCADO DE CANNABIS"

O banco de investimentos Bryan, Garnier & Co divulgou recentemente uma pesquisa sugerindo que o mercado pode crescer para US $ 140 bilhões de seus atuais US$ 12 bilhões na próxima década antes mesmo de contabilizar as bebidas.

A firma sugeriu que, se a maconha fosse legalizada de forma mais ampla, os fabricantes de bebidas alcoólicas poderiam procurar usá-la em seus produtos, criando novas linhas que proporcionam uma "alta" para o consumidor.

O Sr. Ricard disse: “Nós olhamos de perto. Todo o setor está observando de perto”.

O casamento de cannabis e álcool já existe, mas apenas em pequena escala. Em 2016, uma pequena cervejaria na cidade de Aurora, Colorado, lançou seu 'Cannabeer', que fundia a maconha com cerveja. Enquanto isso, a vinícola Rebel Coast, da Califórnia, começou a vender sua maconha sem álcool sauvignon blanc no mês passado.

Um total de 25 países legalizou o uso de cannabis em uma tentativa de combater o mercado negro e garantir renda para seus respectivos tesouros. Esses países incluem o Brasil, o Canadá, a Dinamarca, a Alemanha, a Itália, Israel, o México, a África do Sul, a Turquia e os Estados Unidos, onde nove estados agora permitem uso recreativo e uso médico.

Ricard disse preferir o uísque, uma bebida que sua empresa vende por meio de marcas como Glenlivet e uísque irlandês Jamesons.

Fonte: The Telegraph

 

 

 

PERNOD RICARD: "ESTAMOS DE OLHO NO MERCADO DE CANNABIS"