UNIVERSIDADE AMERICANA OFERECE CURSO DE "QUÍMICA DA PLANTA MÉDICA" PARA ESTUDO SOBRE CANNABIS



UNIVERSIDADE AMERICANA OFERECE CURSO DE "QUÍMICA DA PLANTA MÉDICA" PARA ESTUDO SOBRE CANNABIS

UNIVERSIDADE AMERICANA OFERECE CURSO DE "QUÍMICA DA PLANTA MÉDICA" PARA ESTUDO SOBRE CANNABIS
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Estudantes da Northern Michigan University podem agora ser entendedores de química de plantas medicinais. A escola criou um programa de aulas em resposta à crescente demanda de químicos analíticos treinados na indústria da cannabis.

Uma pequena faculdade no Centro-Oeste dos EUA lançou um programa em seu departamento de química que dá um novo significado à frase "educação superior".

A Universidade está oferecendo um programa de química de plantas medicinais - especificamente a maconha - que irá preparar estudantes para carreiras na crescente indústria de cannabis. A escola espera se tornar um grande impulso para o negócio legal de maconha, que emprega entre 165.000 e 230.000 americanos.

"A necessidade disso é tão grande. Você vai a algumas dessas conferências da indústria da cannabis e todos estão falando sobre como precisam de laboratórios, eles precisam de laboratórios", disse à CBS Detroit, Brandon Cangield, professor associado de química da NMU. "As operações maiores estão tentando configurar seus próprios laboratórios em casa e eles precisam de analistas treinados. E o conjunto de habilidades necessário para realizar essas análises é perfeitamente compatível com uma educação de nível de graduação".

Os alunos irão cursar aulas de química, biologia vegetal e empreendedorismo comercial e completar com um projeto de pesquisa de capstone envolvendo "horticultura experimental" e "análise instrumental de produtos naturais", de acordo com o site da Universidade.

No entanto, não haverá muita experiência "aprender fazendo". Cangield disse à CBS Detroit que a escola não cultivará maconha, mas isso poderia mudar se as leis em torno do cultivo se tornarem mais flexíveis.

Até agora, 12 alunos se matricularam no programa da NMU. O chefe do departamento de química da escola disse ao WXYZ ABC 7 que ele espera que o número dobre ou triplique.

Michigan votou em legalizar o uso de maconha medicinal em 2008. Existem mais de 218.000 residentes que possuem cartões de maconha medicinal no estado, que cresceu 76% desde 2012.

Fonte: Businessinsider

 

 

UNIVERSIDADE AMERICANA OFERECE CURSO DE "QUÍMICA DA PLANTA MÉDICA" PARA ESTUDO SOBRE CANNABIS