O ecossistema da The Green Hub (TGH) cresceu! Anunciamos este mês o nome das quatro empresas escolhidas na chamada de startups realizada entre setembro e novembro de 2020, em parceria com a líder global de ciência e tecnologia, Merck Life Science Brasil.

Foram 52 inscrições, com muitos projetos promissores e inovadores. A escolha foi difícil, mas temos imenso orgulho de apresentar as startups que serão aceleradas pela The Green Hub:

  • ADWA Cannabis,
  • Rubian Extratos,
  • The Dogons e
  • Kaneh Bosm Genes.

Elas ingressam em nosso portfólio também composto por:

Todas são grandes aliadas na missão de mostrar que a cannabis é um bom negócio.

As startups aceleradas pela TGH passam por um programa de consolidação do plano de negócios, construção do deck de investimento e estrategia de capitalização da empresa.

A The Green Hub utiliza ferramentas de diagnóstico, plataforma digital e mentorias específicas para o negócio da startup, fornecendo estrutura completa e trabalhando próximos a cada uma delas, auxiliando no aperfeiçoamento de suas soluções, elevando seu valuation e as preparando para entrarem no mercado.

Conheça um pouco mais sobre cada uma das novas integrantes da Aceleração TGH:

ADWA CannabisADWA Cannabis

A ADWA é uma startup de desenvolvimento de tecnologias de pesquisas voltadas para a cadeia produtiva da Cannabis.

A ideia nasceu na Universidade Federal de Viçosa (UFV), em 2018, por iniciativa de estudantes dos cursos de Agronomia e Administração, que enxergaram na cannabis o potencial de uma nova commodity. O foco das atividades é biotecnologia. A ADWA Cannabis desenvolve tecnologias nacionais para a cadeia de produção e processamento da planta, atuando no melhoramento genético, aperfeiçoamento de processos e desenvolvimento de softwares que ajudarão o Brasil a se posicionar de forma competitiva neste mercado.

https://adwacannabis.com.br

Rubian ExtratosRubian Extratos

A startup Rubian Extratos tem o propósito de desenvolver e produzir extratos vegetais ricos em bioativos, focados em segurança, eficácia e transparência.

Também de origens universitárias, foi criada em 2015, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). 

Desde então desenvolve e produz extratos vegetais ricos em bioativos, com foco em oferecer soluções seguras, eficazes e transparentes ao mercado B2B. Já trabalham com muitos elementos da biodiversidade brasileira, como urucum, maracujá e jabuticaba. Em breve, a cannabis deve entrar nesta lista!

https://www.rubian.com.br/

 

The DogonsThe Dogons

A The Dogons é uma startup de pesquisa e desenvolvimento de produtos probióticos com infusão de Canabinoides para fins terapêuticos, que pretende atuar na área industrial e comercial com produção e comercialização de bebidas probióticas manipuladas com canabinoides.

 

A empresa busca inovar, e mudar a maneira como as pessoas se relacionam com seu processo de cura, aliando tratamentos e benefícios à saúde.  A meta é oferecer ao mercado produtos à base de ingredientes naturais, sem conservantes e com baixo teor de calorias.

https://thedogons.com/

 

Kaneh Bosm GenesKaneh Bosm Genes

A Kaneh Bosm Genes é uma startup de cultivo de Cannabis aquapônica como matéria-prima para fins medicinais e industriais.

A empresa desenvolverá soluções para o cultivo aquapônico em sistema fechado e automatizado, biofertilizantes e inóculos, além de trabalhar na aplicação de técnicas de melhoramento genético e desenvolvimento de cepas, aprimorando a qualidade do produto.

Através de valores sociais e ambientais, pretendem executar um cultivo livre de agrotóxicos, fertilizantes químicos e derivados de petróleo, com a premissa de uma produção energeticamente eficiente, de baixo consumo de recursos hídricos e com custo reduzido.

https://www.kanehbosmgenes.com.br/

 

Startups Incubadas

Recebemos nesta chamada projetos de todas as áreas, incluindo extração, ciência, genética, cultivo da cannabis, controle de qualidade, educação e digital health, bem como comunicação e colaboração, distribuição e logística, equipamentos, produtos e dispositivos. Sabemos que cada um é importante, mas não podemos, infelizmente, acelerar todos.

Uma forma que encontramos de expandir a rede e apoiar mais iniciativas foi trazer para a TGH uma nova categoria de programa: a incubação. Escolhemos outras 11 startups que se instalarão no polo de impacto Civi-co, em São Paulo, usufruindo de toda a infraestrutura e networking do local. O objetivo é gerar sinergias de negócios entre as startups e consolidar um verdadeiro ponto de encontro para o ecossistema da cannabis no Brasil e América Latina.

Fique de olho nas nossas redes sociais para saber mais sobre as empresas e as novidades da The Green Hub!