A sucessão de mudanças judiciais, junto a maior busca por terapias com cannabis e o crescente número de prescrições médicas, devido à facilidade para importação de produtos com cannabis, estão criando uma espécie de “legalização silenciosa”, segundo especialistas. Como resultado, o mercado floresce novas possibilidades para explorar o setor.

Com a popularização da planta, aumentam também as discussões em torno do tema, democratizando o acesso à informações que antes eram pautas exclusivas para cientistas e profissionais da saúde. A população está se conscientizando e deixando para trás o preconceito. Obviamente, ainda existe uma carga negativa muito forte em relação à cannabis, mas ela está sendo gradualmente desfeita em razão de um fator essencial para a construção de um novo mercado: a comunicação.

Além dos setores técnicos, há todo um trabalho de comunicação a ser implementado. Existe uma necessidade muito grande das novas empresas em se articular para orientar, informar e educar os trabalhadores do setor e as pessoas em geral.

 Em entrevista à BBC, Viviane Sedola, fundadora e CEO da Dr. Cannabis, afirma: “Percebemos que muitos profissionais nem sabem que podem prescrever cannabis nem conhecem os benefícios que ela tem para os pacientes. Hoje, o problema da cannabis é mais de comunicação do que científico”.

Pensando em suprir essa necessidade de informação, desconstruir o preconceito e criar um novo imaginário para o mercado de cannabis, foi fundada a Jamba,  produtora de conteúdo que foi acelerada pela The Green Hub. A empresa acredita que a arte é o caminho mais eficaz para reverter e pavimentar uma nova estrada: a cannabis como cura, esperança e sustentabilidade.

Os produtos idealizados pela produtora têm a intenção não apenas de entreter, mas também agregar um alto valor educacional e informativo. Por meio da visibilidade e do debate de pautas sociais com criações inovadoras, a startup sonha em transformar a sociedade em que vivemos.

Quer entrar para o time de startups aceleradas pela The Green Hub?

Em parceria com a Merck, abrimos um processo de chamada de startups em que os selecionados poderão acessar diversos benefícios. Nós estamos em busca de projetos criativos para desafiar o mercado brasileiro de cannabis ao nosso lado.

Já tem uma ideia? Conta aqui pra gente, a inscrição é simples e não possui custos!