A primeira imagem que vem à cabeça quando imaginamos as pessoas que estão por trás de uma startup pode não condizer com a realidade, principalmente no mercado da cannabis. A promessa de expansão para o setor atrai o mais diverso público. Os avanços na legislação brasileira em relação ao uso medicinal da planta são uma grande pista de um futuro muito promissor para quem está atuando na área.

Um reflexo desta busca tão plural e crescente pela atuação nos negócios que envolvem a cannabis são os eventos organizados pela The Green Hub. Neles, é possível estar em contato com a diversidade que este mercado abarca, por meio das diferentes ideias, metas, negócios, e expectativas dos participantes. A cannabis é uma planta multifuncional e que pode ter seu potencial aplicado em diversos setores da sociedade, desta forma, o mercado também deve ser amplo e abundante.

Este foi o tema de uma matéria do portal SECHAT. Veja um pouco do que foi abordado:

Em geral, quando se fala em startups, imagina-se uma empresa gerida por jovens inexperientes, de tênis e bermuda, em escritórios com pufes e mesas de pingue-pongue. Na área de Cannabis medicinal, porém, isso não reflete a maioria dessas empresas. O que se vê muito nesse mercado são experientes empreendedores que migraram de outras áreas para desbravar esta nova economia no Brasil.

Uma boa prova disso foi o evento da The Green Hub, acelerado do mercado de Cannabis, realizado nesta terça-feira (10). Chamado de Demo Day, é uma apresentação especial para os investidores, depois de uma criteriosa análise sobre plano o plano de negócio, o time envolvido e o diferencial da startup. A maioria dos CEOs dessas novas empresas era sêniores.

Apresentaram-se 15 empresas. Cada uma teve 15 minutos para explicar e vender o próprio negócio aos investidores presentes. Além dos anônimos, que não se identificaram publicamente, empresas grandes como a Johnson & Johnson e Copa D’Or.  Havia negócios de todos os tipos, de financeiro a rastreador de sementes, de diversas partes do país. Rio de Janeiro, Paraíba e São Paulo são alguns estados de origem dessas empresas.

Trecho retirado da matéria do SECHAT

Quer ler a matéria completa? Clique aqui para acessar.

The Green Hub na mídia